COMO INVESTIR EM AÇÕES DE EMPRESAS AMERICANAS

Muitas pessoas têm perguntado como investir em ações de empresas americanas. Como por exemplo,  Apple, Disney, Facebook, Google e Microsoft, entre muitas outras.

De fato, os brasileiros ainda não adquiriram a cultura de fazer investimentos fora do país. Costumam alocar todo o seu patrimônio no Brasil. E isso limita muito as oportunidades e a diversificação dos investimentos.

Todavia, com a retomada do crescimento da economia global, muitas oportunidades interessantes e atrativas se abriram em vários mercados do mundo. Entre o quais, o mercado de ações americano, um dos mais sólidos do globo.

Mas como fazer esse tipo de investimento?

BDR – BRAZILIAN DEPOSITARY RECEIPT

Como Investir em Ações de Empresas Americanas

Basicamente, existem duas maneiras de investir em ações de empresas americanas. A primeira, mais fácil e prática, é por meio de fundos de investimentos que compram ações dessas empresas através de BDRs.

Em 2010, a BM&FBovespa abriu a possibilidade de investimentos em ações de empresas americanas sem a necessidade de envio de remessas de dinheiro para o exterior e de manutenção de conta em outro país.

Esse tipo de investimento é chamado de BDR – Brazilian Depositary Receipt. São certificados representativos de valores mobiliários de companhias abertas com sede no exterior que são emitidos por uma instituição depositária no Brasil.

O problema é que a comercialização de BDRs possui algumas restrições. A CVM só permite que fundos de investimento, consultores de investimentos autorizados, instituições financeiras, administradores de recursos e pessoas físicas com mais de R$ 1 milhão para investir façam essa negociação.

Por isso, fundos de BDRs são disponibilizados por diversos bancos e corretoras brasileiros. E aceitam investimentos a partir de mil reais, o que torna essa a forma mais fácil e prática de investir em ações dessas empresas estrangeiras.

As vantagens dessa modalidade de investimento são:

  • Você não precisará abrir uma conta nos EUA.
  • Você não precisará enviar dinheiro para fora do país.
  • Você terá um gestor profissional selecionando os melhores papéis para o fundo a cada momento.

As desvantagens são:

  • Você  não terá autonomia para selecionar as ações em que deseja investir.
  • Você terá que pagar uma taxa de administração ao fundo de investimentos.

Só atente ao fato de que, ao investir em BDRs, você estará exposto não apenas às oscilações da bolsa. Mas também à flutuação do dólar. Isso porque o preço das ações em real varia de acordo com a cotação da moeda americana.

Mais informações sobre o BDR podem ser obtidas no site da site da BMF&Bovespa.

INVESTIMENTOS DIRETOS EM AÇÕES DE EMPRESAS AMERICANAS

DÓLAR - COMO E PORQUE O SEU PREÇO MUDA CONSTANTEMENTE

A segunda maneira de investir em ações de empresas americanas é fazer esses investimentos de forma direta. Isto é, sem a intermediação de um fundo.

Para isso, deve-se abrir uma conta em um banco ou corretora nos EUA que oferece uma plataforma de negociações via internet. Daí sim, você poderá operar diretamente por conta própria.

A remessa do dinheiro que utilizará para fazer esse investimento deve ser feita através de um agente financeiro autorizado. E, claro, declarado à Receita Federal.

As vantagens de investir diretamente são:

  • Você terá total autonomia para selecionar as ações que serão compradas.
  • Você pagará taxas menores.

Por outro lado, as desvantagens são:

  • Você não terá um gestor profissional. E isso exigirá que você tenha um certo conhecimento do mercado de ações americano.
  • Você deverá atentar à burocracia na remessa e tributação do investimento por parte do governo brasileiro.
Sumário
COMO INVESTIR EM AÇÕES DE EMPRESAS AMERICANAS
Artigo
COMO INVESTIR EM AÇÕES DE EMPRESAS AMERICANAS
Descrição
Saiba como investir em ações de empresas americanas, como Apple, Disney, Facebook, Google, McDonald's, Microsoft e Nike, entre outras!
Autor
Site
Guia do Milhão

19 Comentários


  1. Nosso governo só atrapalha e burocratiza tudo. Só pensa em impostos pra cobrir o buraco da roubalheira é impressionante.

    Responder

  2. Muito boa essa matéria Tiago. Faz tempo que eu queria saber como fazer esse investimento, obrigado.

    Responder

  3. Achei muit legal o mapa so faltou colocarem a Disney que sou fã hahahaha

    Responder

    1. Pois é João… Colocaram uma empresa de cada estado americano, e a Disney tem duas sedes, uma na Califórnia e outra na Flórida. Por alguma razão optaram por Apple e Hooters nesses estados…

      Responder

  4. Sabe se é difícil abrir conta em banco e corretora lá nos EUA?

    Responder

    1. Não Marcelo! É bem simples! A propósito, você fez uma ótima pergunta, acho que seria interessante um artigo explicando como fazer isso, o que acha?
      Vou tentar publicar algo nesse sentido semana que vem! 😉

      Responder

  5. Oi Tiago, tudo bem?! Primeiramente, parabéns pela iniciativa deste blog, sempre matérias muito interessantes. Já li inclusive sobre todo o processo de abrir conta-corrente nos Estados Unidos, todavia, ainda não vi se por exemplo é requisito para abrir conta em uma Corretora (e*TRADE por exemplo) ser correntista em uma instituição no mesmo país ou se isso poderia ser feito com uma conta do exterior? Tem alguma matéria falando sobre isso? Forte abraço.

    Responder

    1. Oi Henrique!
      Não é um requisito, mas pode ser uma necessidade.
      Isso porque você terá dificuldades para mandar dinheiro diretamente daqui para uma corretora de lá…

      Responder

  6. Olá Tiago, primeiramente parabéns pelo artigo e pelo blog.

    Gostaria de saber se existe a possibilidade de investir através de fundo de investimento de ações, assim como existe no Brasil. E existe nas corretoras americanas fundos assim como no Brasil, Fundo de Renda Fixa, etc…

    Um abraço.

    Responder

    1. É possível sim Renato!
      As corretoras oferecem uma grande diversidade de fundos por lá!
      Grande abraço!

      Responder

  7. Oi Tiago, boa tarde.

    Vi em um outro artigo você dando excelentes dicas sobre abertura de contas nos EUA. Gostaria de saber se a conta bancária que você abriu no WF, ou mesmo a do BoA, possibilitam que, daqui do Brasil, invistamos em ações, pois esse é meu maior propósito na abertura da conta.

    Muito obrigado pela atenção.

    Responder

    1. Olá Artur!
      Sim e não… kkk
      Explico: você não consegue investir diretamente em ações da sua conta do banco, mas consegue aderir a produtos que o banco oferece que se destinam a investimentos em ações.
      Ou seja, indiretamente, seu dinheiro estará sendo investido em ações.
      Mas se o intuito é investimento, indico que procure uma corretora ao invés de investir no banco.

      Responder

  8. Oi Tiago, boa tarde.

    Vi em um outro artigo você dando excelentes dicas sobre abertura de contas nos EUA. Gostaria de saber se a conta bancária que você abriu no WF, ou mesmo a do BoA, possibilitam que, daqui do Brasil, invistamos em ações no mercado Americano, pois esse é meu maior propósito na abertura da conta.

    Muito obrigado pela atenção.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *